quarta-feira, 30 de maio de 2012

Tremeliques...

Estamos a preparar o fim de ano que se aproxima de nós a passadas muito largas. Todos os dias há novidades, há novas combinações, há momentos que nos lembram que estamos a chegar ao fim e que... somos finalistas!
Tento levar tudo com algum entusiasmo, calma e descontração, mas a verdade é que me está a custar e muito... Hoje fui comprar as fitas para as cartolas e nem conseguia falar!!!
Ai finalistas, a quanto me obrigam...

sábado, 26 de maio de 2012

Parabéns, Ricardo!

Hoje o nosso Gnomo Ricardo faz 7 aninhos! 
O menino reguila, simpático e atencioso está a ficar crescido. Espero que o seu dia e a sua festa de anos seja repleta de muita alegria, divertimento e brincadeira, na companhia dos seus amiguinhos e familiares. 


recados


Parabéns, meu querido!

Ensaios

E estamos a chegar ao fim de mais uma etapa onde se prepara, mais uma vez e afincadamente, a festa final de ano.





















Deixo um cheirinho...

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Irmão duende






Hoje foi a vez do irmão mais velho da Luísa e a sua namorada irem à nossa sala contar um conto. Um conto escrito pela nossa duende Luísa e muito bem transmitido pelo seu mano e cunhada. Gostámos muito!!!

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Mamã gnomo...

A mamã gnomo Tânia veio à nossa sala contar um conto, também ele de António Torrado, intitulado "Uma história verdadeira".



Foi um momento bem vivido com todos eles a prestarem atenção ao que se ia ler. A história do Marcelino e do Janeca é uma história que também nos toca e que nos traz uma mensagem bem bonita. Não se deve nunca gozar com os outros.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Contos...







Uma das propostas desta semana da leitura era que os alunos  escrevessem um conto a ser apresentado na turma. 
Como nenhum dos meus duendes-e-gnomos o tinha elaborado, decidi que o trabalho de Língua Portuguesa, passava exatamente pela escrita desse conto. 
Os gnomos foram "ajudados" por umas cartas, anteriormente usadas pelos duendes quando também eram do 1º ano, e adoraram...

Papá duende conta história...





Hoje o papá duende José Natal foi à nossa sala contar-nos uma história de António Torrado, "Maiorcas e Minorcas". Uma história cheia de significado, que muito dá que pensar aos nosso duendes-e-gnomos. 
Era uma vez um menino pequeno, apelidado de Polegarzinho, que em resposta a tudo o que os colegas lhe diziam partia para a agressividade. Claro que não tinha amigos e não sabia brincar... Um dia apareceu na escola um menino mais pequeno que o Polegarzinho e quando a professora lhe perguntou como se chamava ele respondeu -"Mindinho", com uma gargalhada, que fez com que todos se rissem, até mesmo a professora.
O Mindinho era um miúdo muito especial e todos gostavam dele. Ele brincava e ria-se dele próprio. O Polegarzinho, a pouco e pouco e com o exemplo do Mindinho, aprendeu a responder aos colegas de uma forma simpática, desarmando os colegas que não estavam à espera das suas respostas.
Aproveitei o tempo para falar com eles sobre as reações habituais deles. Quase todos são parecidos com o Polegarzinho... Tanto que temos de melhorar!!!

domingo, 20 de maio de 2012

Semana da leitura

Amanhã começa a semana da leitura, que se realizará até sexta feira. Desejo que muitos papás ou mamãs possam ir ao colégio ler para a nossa turma e aguardo, ansiosa, os contos escritos pelos nossos pequenos duendes-e-gnomos. 

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Desafio aos papás duendes e gnomos

Boa noite!
Um papá gnomo sugeriu-me que para a  festa final de ano se organizasse uma banda de pais. Achei a ideia extremamente interessante. 
Será que há alguém interessado?

sábado, 12 de maio de 2012

Parabéns, Francisco!

Hoje o nosso duende Francisco faz 10 anos!
Quando o Francisco chegou às minhas mãos era uma criança super tímida, insegura e "medrosa" e embora ainda tenha alguns medos (não conseguiu superá-los a todos), fez progressos importantes e surpreendentes. Cresceu e amadureceu bastante com todo o seu empenho, dedicação e trabalho!
Uma criança bonita, simpática, com um sorriso doce e encantador, e um coração bondoso! O Francisco é o rei da bola, um dos meninos do Estoril Praia, e todos gostam de jogar à bola com ele.
Neste dia de aniversário, espero que te divirtas muito na companhia dos teus amiguinhos e familiares. 
Muitos Parabéns, meu querido!

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Finalmente...

Demos por terminada a semana difícil que tivemos. 
A prova de matemática não correu mal, mas era mais difícil do que os duendes estavam à espera. 
Como a prova de Língua Portuguesa era muito fácil, os nossos duendes sentiram-se à vontade e na minha opinião pessoal, estavam muito descontraídos...
Aproveitemos o fim de semana para descansar que temos mais um mês de aulas e ainda há trabalho para  fazer!

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Prova de aferição de matemática

Amanhã, às 10h, os nossos duendes começam a realizar a prova de aferição de matemática. Tal como na primeira prova, espero que lhes corra bem e que eles leiam com atenção o que lhes é pedido. Espero que se concentrem e respondam com calma ao que lhes é proposto. 




Recados para Orkut


quarta-feira, 9 de maio de 2012

Grande verdade...

Tinha mesmo de partilhar...


Escrito por Eduardo Sá
Sábado, 14 Abril 2012
Todas as crianças têm o direito a ser crianças. E têm o direito a crescer livres, mas com regras, num país amigo das crianças.
Todas as crianças têm o direito a um país cuja Lei do Trabalho preveja que as consultas de obstetrícia sejam, também, uma obrigação de todos os homens à espera dum bebé. Onde as crianças não tenham de sair cedo demais de casa. E onde os berçários e os jardins-de-infância sejam, tendencialmente, gratuitos e para todos, sendo reconhecidos como uma condição essencial para que a educação seja melhor, mais plural e mais bonita.
Todas as crianças têm direito a uma escola que as eduque, antes de instruir. Onde não passem tempo demais, todos os dias. Em que as aulas não sejam tão grandes como têm sido e se poupe nos trabalhos de casa. E em que os recreios sejam maiores em tempo e melhores nas condições de segurança e nos recursos que põem ao dispor de todas as crianças.
Todas as crianças têm, também, direito a livros escolares gratuitos, para todo o ensino obrigatório, que sejam, idealmente, propriedade de cada escola, sendo as crianças obrigadas a acarinhá-los, todos os dias, porque só quando o conhecimento passa de uns para outros, e se trata com cuidado, nos torna sábios.
Numa escola amiga das crianças os professores contam histórias e acarinham, quando ensinam. E haverá, por isso, um quadro de honra para todos os alunos faladores. Porque uma escola que não fala e não escuta vive assustada e fechada sobre si. E, se for assim, educa mal. E não é escola.
Numa escola amiga das crianças todas elas estão obrigadas a ser agressivas. Com maneiras. E a ser leais, umas com as outras. Numa escola amiga das crianças as que fazem queixinhas, a torto e a direito, os alunos exemplares, os alunos solitários e mal-educados, os alunos violentos, e aqueles que repetem mas não pensam são crianças cujos pais têm necessidades educativas especiais. Devem, portanto, ser ajudados. Mas se, teimosamente, não quiserem perceber os perigos com que magoam os filhos, talvez não merecem ser pais.
Num país amigo das crianças, todas elas têm direito a tempo livre. Sem a tutela permanente dos seus pais. E sem ateliês onde façam os trabalhos de casa, onde vejam televisão e onde  tenham de estar quietas e caladas. Aliás, num país assim, todas as crianças terão direito a conversar. Porque só quando se pensa com os outros, conversando com os botões e em voz alta, ao mesmo tempo, se aprende a crescer.
Num país amigo delas, todas as crianças têm direito a brincar. Todos os dias, sem direito a férias, pontes ou feriados. E a brincar com um dos pais, 30 minutos, de segunda a domingo. Têm, também, o direito a ser filhas únicas dos seus pais, uma vez por semana, por um bocadinho. E a ter os pais, ao jantar e depois dele, sem telemóveis e sem televisão, só para a família.

Primeira prova feita

A prova de Língua Portuguesa foi feita e aparentemente correu bem a todos os duendes. Tudo o que saiu tinha sido  feito (retirado de outras provas de aferição), refeito e voltado a fazer, vezes sem conta, nas aulas e para trabalho de casa.
Sei que há nervos e uma ansiedade fora do normal, que muitas vezes provoca que não se leia com atenção o que nos é pedido... Antes da prova começar, e porque só entravam às 9h 45m, com a professora Tânia e com a Margarida, entrei com eles na sala, expliquei como se iam sentar, pedi-lhes para lerem tudo com muita atenção, para responderem com calma e caso não soubessem alguma coisa passassem à frente, mais tarde voltariam a trás. 
Eles estão satisfeitos com o que fizeram e eu estou satisfeita por eles. Espero que a de matemática lhes corra tão bem como esta...

terça-feira, 8 de maio de 2012

Provas de aferição

Amanhã os nossos duendes resolverão a prova de aferição de Língua Portuguesa. 
Desejo que leiam com muita atenção os textos e as perguntas. Apenas vos posso dizer....


segunda-feira, 7 de maio de 2012

Surpresa




Hoje fui apanhada de surpresa. O gnomo Hugo chegou com um pequeno vaso e com uma semente de girassol lá dentro, para celebrar comigo o dia da mãe. Senti-me lisonjeada com o gesto do pequeno gnomo e com o carinho demonstrado: "É a professora que toma conta de mim, aqui no colégio!!!" E a professora lá se derreteu toda com o gesto! 
Como dizia no outro dia em conversa, a propósito de um texto estudado na aula... Eu podia não ser professora? Poder, podia, mas não era a mesma coisa!!!

domingo, 6 de maio de 2012

Ser mãe...

Ser mãe é a tarefa mais séria que Deus pos no livro da vida.Ser mãe não é como casamento, afinal não há divórcio entre mãe e filho, é um pacto eterno entre dois seres.É um amor maior, não explicável pelos poetas, não conheço nenhuma poesia ou texto que descreva o milagre de ser mãe.
É carregar o filho no ventre por nove meses, é senti-lo, espera-lo.Gerar um ser, um serzinho que vai ter caracteristicas tuas, que vai ser teu, que vai vir de dentro de ti.
É tua a responsabilidade de fazer com que ele se sinta amado, é tua a responsabilidade encaminhar ele nesse mundo que agora parece mais cruel que nunca.Ser mãe é ser anjo da guarda, protetora, melhor amiga, confidente.. Ser mãe é ser carinho constante, olhar que aprova, é ser respeito, é ser responsável por uma vidinha que por longos anos vai depender de ti pra tudo, e mais tarde vai aprender a voar.
Ser mãe faz você esquecer a maldade, faz você renovar as esperanças, faz você dar o melhor em tudo, afinal agora é você quem tem que cuidar de alguém.Ser mãe faz você esquecer de si, e pensar só no filho.Ser mãe é ser leoa.Ser mãe é ser fada encantada que agora vai contar mil história e cantar mil músicas infantis.Ser mãe é ser educadora, é dispensar o fútil e pensar somente no futuro.
Ser mãe é um presente de Deus.
 
Beta Lotti

Feliz Dia, Mamãs!

video

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Imenso trabalho

Os nossos dias têm sido muito atarefados. Os duendes passam as manhãs a prepararem as provas de aferição de Língua Portuguesa e matemática, sob o olhar atento da professora e com o respeito e bom comportamento dos gnomos. À tarde, duendes e gnomos, elaboram a prenda do dia da mãe, muito compenetrados e com um enorme sorriso nos lábios. Eles gostaram e eu também...